Blog

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) foi criado para proteger o trabalhador que é demitido sem justa causa. Mas e o FGTS Inativo que tanto falam? As pessoas ainda têm muitas dúvidas sobre esse tema. Tem gente que tem direito e nem sabe como fazer, outros tem um valor a sacar e nem tinha ideia disso. Enfim, vamos te ajudar a solucionar essas dúvidas.

Entenda o que é o FGTS Inativo
Em 22 de dezembro de 2016 o governo tomou algumas iniciativas para estimular a

economia no Brasil (MP 763/16), entre elas está a autorização para saque de contas inativas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviços (FGTS), rescisões vinculadas com data de até 31 de dezembro de 2015.

Quando a conta deixa de receber depósitos, o empregado pede demissão ou é demitido por justa causa automaticamente a conta se torna inativa. Mesmo que a conta se torna inativa ela ainda está vinculada ao empregado e recebendo juros e correção monetária sobre o seu saldo.

1. Quem tem direito ao saque?

Cada pessoa que tenha trabalhado até 31 de dezembro de 2015 e não pode sacar o FGTS ao sair do emprego pelo motivo de pedir de demissão ou ser demitido por justa causa, ele tem direito ao saque.

2. Haverá limite para Saque?

Não, poderão ser sacados os valores totais das contas inativas datadas até 31 de dezembro de 2015. Os trabalhadores que possuem o cartão cidadão poderá sacar todo o valor que tem na conta inativa, mas com valor até R$ 3.000,00 em correspondentes bancários ou nas lotéricas. Valores superiores devem ser sacados em uma Agência da Caixa Econômica Federal.

3. Como consultar o saldo das contas inativas?

- A Caixa Econômica Federal disponibiliza alguns mecanismos para que os trabalhadores possam consultar seus saldos de contas ativas e inativas.
- Aplicativos disponíveis no seu próprio smartphone (Play Store, Apple Store, Microsoft Store).
- Consulta de saldo também está disponível por meio do telefone 0800 726 0207, mas é necessário que tenha em mãos o seu número do PIS, endereço, RG e CPF.

- Consultar o saldo em uma das Agência da Caixa Econômica Federal e também solicitar uma senha para acesso online.

4. Vale a pena sacar o FGTS inativo?

Sim, pois o rendimento é de apenas 3%, faça isso porque em uma poupança o valor renderá mais.

5. Estou empregado, posso retirar o dinheiro mesmo assim?

Sim, quem está empregado tem direito ao saque de contas inativas até 31 de dezembro de 2015.

6. Quais os documentos necessários para que possa receber o pagamento?

Para os trabalhadores que pediram demissão ou foram demitidos por justa causa até 31/12/2015, de acordo com a MP 763/2016, deverão ser apresentados os seguintes documentos de acordo com a modalidade de saque escolhida.

- Agências Caixa
Número de inscrição do PIS/PASEP, documento de identificação do trabalhador e

comprovante de finalização do contrato de trabalho (Carteira de Trabalho ou Termo de Rescisão do Contrato de Trabalho). Para valores acima R$ 10 mil é necessário apresentar Carteira de Trabalho ou documento que comprove a extinção do vínculo de trabalho.

-Correspondentes Caixa Aqui e Lotéricas
Valores até R$ 3.000 com documento de identificação do trabalhador, Cartão do Cidadão

e senha.

- Autoatendimento
Para valores até R$ 1.500,00, o saque pode ser realizado somente com a senha do

Cartão do Cidadão. Já para valores entre R$ 1.500,01 e R$ 3.000,00, o saque é realizado com o Cartão do Cidadão e senha.

Compartilhar:

Tags: fgts ,fundo de garantia