Blog

Quem está isento de DECLARAR o Imposto de Renda?

Geralmente, para declarar o IR é preciso se encaixar em algumas regras estabelecidas pela Receita Federal, como por exemplo quem: Faturou, durante o ano de 2019, uma quantia maior que R$ 28.559,70 em rendimentos tributáveis; Possuiu, até o final de 2019, veículos, imóveis e bens com valor total maior que R$ 300 mil; Recebeu um valor superior a R$ 40 mil em rendimentos isentos e não tributáveis; Teve renda de atividade rural maior que R$ 142.798,50; Então se você não se adequa a nenhuma dessas categorias, está isento de declarar o IR. Porém caso se encaixe em alguma dessas categorias você é obrigado a entregar a declaração do imposto. É possível também entrar como dependente na declaração de outra pessoa e neste caso, você não pode entregar uma declaração própria.

Agora vamos saber mais sobre quem não precisa PAGAR o Imposto de Renda: Brasileiros que recebem um salário mensal inferior a R$ 1.903,98 e não possui outras fontes de renda, não são tributados - ou seja, se encaixam na categoria de isenção do IR. É importante ressaltar que para trabalhadores do regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) que não se encaixam na categoria de isenção, a tributação é feita diretamente na fonte, logo a parcela do IR é descontada no salário líquido.

Isso significa que o salário líquido que você recebe já teve a parcela do IR descontada. Ela incide sobre o salário bruto, com a contribuição do INSS já deduzida.

A alíquota de imposto a ser paga varia conforme o salário do contribuinte e vai, além da faixa de isenção, de 7,5% até 27,5%. Por exemplo: se o seu salário mensal for de R$ 5 mil, você contribui com 11% desse valor para o INSS, um total de R$ 550. A base de cálculo sobre a qual incidirá o Imposto de Renda, retido na fonte, serão os R$ 4.450 restantes.

 

Caso você tenha mais dúvidas, entre em contato conosco pelo número (61) 3037 - 8203 que estaremos prontos para te ajudar!

Compartilhar:

Tags: contabilidade,imposto,imposto de renda,IR,isenção,declaração